sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Compre o seu "COD: Black Ops" e, mate Fidel Castro!

O jogo de tiro em primeira pessoal, "Call of Duty: Black Ops" , em menos de três dias após o seu lançamento - dia 15 de Novembro -, já está fazendo o maior sucesso de vendas principalmente nos Estados Unidos e Grã-Bretanha. A história se passa no tempo da Guerra Fria, mais especificamente entre os anos de 1961 e 1968. Os socialistas são os inimigos a serem destruídos nesse jogo. Portanto, para quem gosta de detonar com a cara dos iMundos - Discussões nas redes sociais, por exemplo - , nada mais prazeroso do que encher de bala os soviéticos em uma das séries mais famosas do game em sétima geração. 

No "Call Of Duty: Black Ops", logo em sua primeira missão, na Invasão dos Porcos em 1961; você – na pele de Alex Manson - terá que procurar o então jovem revolucionário Fidel Castro com o objetivo de assassiná-lo em seu palácio. Mas, no desenrolar da trama, em resumo, você acaba descobrindo que o cadáver nada mais é que um dublê do Ditador Cubano. E aí, Você será capturado e, levado até o General Soviético Nikita Dragovich para ser colocado em cativeiro em um Gugag por dois anos. Interessante, não?

Bem que os idealizadores do “Call of Duty: Black Ops” poderiam nos dar a alternativa de ter que matar o verdadeiro Fidel Castro no jogo, não é mesmo? Dessa forma, poderíamos , mesmo que no virtual, matar toda a família Castro e, livrar o povo cubano de uma ditadura socialista. Seríamo, portanto, heróis da democracia! Recriar uma sociedade em que o povo cubano teria a sua liberdade individual respeitada e , assegurada por um governo verdadeiramente democrático.

Mas, na vida real, infelizmente, o povo cubano é tratado como se fosse propriedade da Família Castro. Uma população sem liberdade e, ecurralada por uma das ditaduras mais sangrentas e duradouras atualmente. Uma triste realidade que, nenhum jogo de vídeo game é capaz amenizar - que dramático heim!?.

Pois bem. Compre o jogo "COD Black Ops" e, tente matar Fidel Castro. Espero que você tenha uma ótima diversão!

PS: Não levem a sério o meu comentário sobre o "meu desejo" de querer matar Fidel Castro para salvar os cubanos. Eu diria que, se trata de uma piadinha - de mau gosto para os amantes da Ditadura Cubana. Democrata que se preze, traz a democracia por meios pacíficos.


terça-feira, 16 de novembro de 2010

Plínio de Arruda retuita postagem do Mov. Endireita Brasil


O Plínio de Arruda, hoje, retuitou um post do Movimento Endireita Brasil contra a volta da CPMF. Bom, ai vocês perguntam: Sim, e daí? Nada demais. É só por curiosidade mesmo.

Ah! E se pensam que eu contente com o apoio desse comunista safado contra a volta da CPMF, vocês estão enganados! Eu dispenso apoio de comunista! Ainda mais se tratando de um membro do PSOL; um partido arcaico oriundo do trotskismo.

Fica aí..só a título de curiosidade.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Vettel : Campeão na pista



O Vettel fez o favor de salvar o esporte e, merecidamente, conquistou pela primeira vez o Mundial de Fórmula 1. A RBR mostrou como se ganha uma competição sem fazer o tal “jogo de equipe” e, deixou para que seus dois pilotos pudessem decidir na pista o direito de ser campeão da principal categoria do automobilismo mundial. Enquanto isso, a Ferrari só dava atenção a Fernando Alonso, ignorando por completo a presença de Felipe Massa na equipe, ou então, colocando o brasileiro em situação constrangedora - Com alta tolerância de Felipe Massa, diga-se de passagem -  quando foi, digamos assim, obrigado a deixar passar o espanhol no GP da Alemanha em Hockenheim. Alonso que ganhou a corrida por conta dessa ultrapassagem polêmica. Mas,  o pior de tudo, é que o  campeonato, naquele momento, ainda estava indefinido. A Ferrari poderia muito bem ter os seus dois pilotos brigando até a última corrida, como os da Red Bull. Mas, preferiu canalizar todos os seus enforços em Fernando Alonso. E se deu mal, para o bem do esporte.

O Vettel mostrou ter mais personalidade que Webber no final do mundial, apesar da pouca idade. Nas últimas quatro corridas, o alemão ganhou três; sendo que, só não ganhou no GP da Coréia, por causa da falha no motor de seu carro na quadragésima sexta volta. Caso contrário, o alemão estaria com boas condições, sem depender de outros pilotos, para conquistar o campeonato no GP de Abu Dhabi. Resumindo: Na hora decisiva, na fase mais importante da competição, o Vettel foi implacável com quatro poles e três vitórias nas últimas quatro corridas.

Com tantos “jogos de equipe” querendo prejudicar o verdadeiro esporte, felizmente, há a RBR para nos dar exemplo de como deve ser tratado verdadeiramente uma competição; dando igualdade de condições aos seus dois pilotos. O Vettel teve todos os méritos, na pista, de conquistar o mundial de Fórmula 1. Parabéns Vettel!Agora, o mais jovem piloto a consquistar o mundial!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

GOVERNO ANA JÚLIA CAREPA: PARA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DAS FLORES

Por Ronaldo Brasiliense

Jornal O Paraense

De um modo geral, todos apontam a ação preferencial pela Democracia Socialista, a minúscula tendência petista liderada por Ana Júlia, pelo seu ex-marido Marcilio Monteiro, secretário de Projetos Estratégicos; pelo seu ex-cunhado Maurilio Monteiro, secretário de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia; pelo hoje deputado federal eleito Cláudio Puty, ex-chefe da Casa Civil, e, ainda, pelo consultor do estado Carlos Botelho como uma das causas do desgoverno que imperou na terrinha - como diria o saudoso colunista bragantino Edwaldo - Didi - Martins - nos últimos três anos, dez meses e oito dias.

O governo de "doutores" montado por Ana Júlia e sua thurma - que foi surrado nas urnas como nunca antes na história do Pará - incluiu ainda Fábio Castro na Secretaria de Comunicação, e Regina Lima na Funtelpa. Posteriormente, o jornalista Paulo Roberto Ferreira assumiu a Secretaria de Comunicação. No marketing, atuaram o gaúcho Paulo Heineker e os publicitários Glauco Lima, então na DC-3, e Francisco Cavalcante, da Vanguarda. Muitos também apontaram a comunicação como um dos pontos fracos da gestão de Ana Júlia.

Francisco Cavalcante, que foi grosseiramente escanteado pelo PT da governadora, disparou mísseis contra a baiana Link, que trabalhou na campanha de Ana Júlia em entrevista à repórter Rita Soares, criticando vários aspectos da condução do marketing, que nada fez para tentar diminuir a mastodôntica rejeição ao governo da companheira, mas esqueceu de dizer que essa rejeição só fez aumentar ao longo dos anos, diante da somatória de patetices do governo de 2007 para cá, e com a participação da Vanguarda.

Afinal, de quem foi a criação do slogan "Pará: Terra de Direitos", para um governo que reprimiu o direito de greve distribuindo "bordunadas" e spray de pimenta em professores públicos, bancários e servidores da saúde e do Detran, entre outros... "Terra de Direitos" para um governo que foi absolutamente incompetente na administração dos conflitos pela posse da terra, que sofreu ameaça de intervenção federal por não cumprir mandados de reintegração de posse, atropelando o Poder Judiciário, e muchas otras cositas más.

Também gostaria de saber quem foi o marqueteiro gênio da raça que, ao perceber que o Pará de Ana Julia está a anos-luz de ser Terra de Direitos e que o governo não tinha obras a exibir quase três anos depois de empossado, criou um novo slogan, quer deve ter achado magistral: "Nossa maior obra é cuidar das pessoas!" Outro tiro pela culatra.

Que governo é este que cuida das pessoas de modo mais estranho, deixando uma menina de 14 anos presa numa cela da delegacia de Abaetetuba durante três semanas, em que foi brutamente torturada e estuprada. E, ainda no caso, o delegado geral chegou a afirmar que a culpa era da menina. Por que não falar dos mais de 300 bebês mortos na Santa Casa de Misericórdia de Belém. Cuidou muito bem apenas dos apaniguados da DS e cia... E olhe lá!

Ao desancar a Link baiana, Cavalcante não faz justiça ao marketing do candidato vencedor, Simão Jatene, comandado pelo jornalista e publicitário Orly Bezerra, da Griffo Comunicação, e sua equipe de profissionais recrutada aqui mesmo no Pará.

Os programas eleitorais de Jatene colocaram, desde o primeiro turno, Ana Júlia na defensiva. Como rebater o "Dito e Feito" ou a acusação direta: Se o Lula ajudou, ela (Ana Júlia) atrapalhou! As imagens das obras executadas no governo Jatene - hospitais regionais, rodovias asfaltadas, Mangal das Garças, Hangar e etc... valeram mais do que as milhares de palavras dos marqueteiros baianos, encurralados pela inoperância de um governo que nada fez a não ser produzir factóides como o programa "Um bilhão de árvores", que virou piada entre os ambientalistas sérios deste pais.

Passei os últimos quatro anos acompanhando passo a passo todas as ações deste governo, desde a sua posse: escrevi sobre as nomeações da cabeleireira e da manicure como assessoras especiais da Governadoria do Estado. Ao longo do governo foram mais de duas mil nomeações.

Também escrevi sobre o convênio de R$ 3,4 millhões firmado entre o governo e o Aeroclube do Pará - presidido à época pelo namorado de Ana Júlia - para o treinamento de 14 pilotos de helicóptero - quando o estado tinha apenas um aparelho, que depois literalmente foi por água abaixo.

Denunciei a farra de dispensas de licitação pela Secretaria de Estado de Saúde para o Hospital Regional de Santarém, que resultou em ação civil pública por improbidade administrativa contra os gestores da Sespa; acompanhei o escândalo do superfaturamento de mais de R$ 7 milhões na aquisição de kits escolares.

Leia Mais Aqui

domingo, 7 de novembro de 2010

Adiado a data de lançamento do "Gears of War 3"

UOL Jogos
da Redação

A Epic Games acabou de anunciar que o seu muito aguardado "Gears of War 3", exclusivo para Xbox 360, foi adiado para o quarto trimestre de 2011, antes previsto para ser lançado no dia 8 de abril do ano que vem.

Rod Fergusson, produtor executivo de "Gears of War 3", comentou sobre o caso: "Eu sei que os fãs vão ficar desapontados com a nova data de lançamento, mas fiquem tranquilos, pois isto é uma decisão de negócios entre parceiros, e não um problema de qualidade".

"'Gears 3' estava programado para ser o jogo mais polido de 'Gears of War' quando fosse lançado em abril, e este tempo adicional permite-nos polir muito mais antes que chegue às prateleiras no próximo outono [quarto trimestre de 2011]".

Um pouco antes da declaração de Fergusson, a Microsoft já havia feito um comunicado falando sobre o adiamento do título para o final de 2011, explicando que o adiamento era para tornar "Gears of War 3" o "título mais marcante do período de festas". Na próxima semana o modo Versus Multiplayer do jogo será mostrado para a imprensa na sede da Epic Games pela primeira vez, segundo Fergusson.

Leia Mais Aqui

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

O PT conseguiu o que queria: Dividir o país (II)

Os fiscalizadores da moral e da ética, donos de todas as boas qualidades existentes no universo, decidiram queimar viva a estudante de direito Mayara Petruso, após comentários infelizes que ela teria feito sobre os nordestinos no Twitter. Não contentes em somente insultar a moça que fez os tais comentários preconceituosos, os moralistas de plantão criaram um movimento no Twitter para que a OAB pudesse processá-la como se fosse uma bandida da pior espécie. E conseguiram. A OAB de Pernambuco formalizou, ontem, uma ação contra a estudante de direito por racismo e , incitação à prática de homicídio. E claro, para não perder a oportunidade, os petralhas vagabundos se aproveitaram da situação para “provar”, injustamente, de que todo paulista tucano eleitor do José Serra é Xenófobo. É o famoso "coitadismo" petralha sendo usado para fins políticos.

Eu não estou aqui querendo defender o comportamento infeliz da Mayara Petruso que, de cabeça quente, cometeu um grande erro em fazer uma campanha para "afogar um nortestino por dia" em seu Twitter. Mas, o que os ditos moralistas estão fazendo é mais estarrecedor ainda: Dividir o país entre pobres e ricos, paulistas e nordestinos, negros e brancos, cristãos e atéus, e por aí vai.... Eles têm o monopólio do preconceito! O que é pior: o fato da estudante de direito ter declarado o seu voto a José Serra, muitos petralhas vagabundos generalizaram e, acusaram o PSDB e o candidato tucano à presidência de terem o mesmo "pensamento xenófobo" da garota. Típico dos petistas que, pregam rótulos em seus adversários, e se apresentam como representande da moralidade no Planeta Terra. Mas, que na verdade, são representantes da corrupção e da imoralidade. 

Bom, será que a OAB está sabendo das imagens abaixo? Acho que não. Mesmo porque, os inimigos da OAB são os "paulistas-sionistas-de-olhos-azuis-eleitores-do-José-Serra". Não é?




quinta-feira, 4 de novembro de 2010

O PT conseguiu o que queria: Dividir o país

Por Reinaldo Azevedo

BLOG DA DILMA - “NORDESTINOS NÃO SÃO BESTAS COMO OS PAULISTAS”

Uma canalhice está em curso: associar afirmações infelizes, estúpidas, de uma moça no Twitter ao fato de ela ser paulista e ter declarado voto na oposição. A rede suja na Internet faz a festa. Como se pode notar, os carniceiros não se contentam com a vitória. É preciso depois fazer uma variante da limpeza étnica. Entre no Google, leitor, para ver quantas são as ofensas aos paulistas — não caracterizariam, também elas, uma variante de “racismo”, a exemplo, então, do ataque ao Nordeste?

Num desses blogs asquerosos, que apareceram na procura, o rapaz se mostra muito indignado com as declarações da tal moça e as associa, o que é criminoso, ao candidato da oposição. Um de seus comentadores não tem dúvida: “paulistas são idiotas”; para outro, “morrem todos de câncer” por causa de seus maus costumes… Evidentemente, isso não ganhará notoriedade por dois motivos: a) porque não existe, na chamada “oposição” ,uma máquina de propaganda destinada a transformar o “vitimismo” em categoria política; b) porque não ocorrerá ao presidente da OAB local propor uma ação para combater o “racismo” contra os paulistas.

Será o regionalismo cretino, com pretensões políticas, característica de um dos lados? E o que dizer desta página? Ela deixa alguém orgulhoso?

Esse blog nunca foi admitido como parte da rede oficial pró-Dilma, mas existe desde que Lula deixou claro que ela seria a candidata. Tinha até uma janela destinada à arrecadação de recursos. Não contasse, no mínimo, com o assentimento da campanha, teria saído do ar.

O preconceito regional foi, sim, objeto de manipulação política na campanha eleitoral, mas a oposição não teve nada com isso. Facções do governismo, especialmente os blogueiros a soldo, é que tentaram associar a campanha da oposição a propostas que prejudicariam o Nordeste. Na fase da disputa interna entre José Serra e Aécio Neves, paulistas foram tratados como inimigos dos mineiros.

Não há nada mais atrasado, estúpido, ridículo mesmo, do que esse confronto entre regiões ou estados. São detestáveis os que secretam generalizações e preconceitos. E não menos detestáveis são os gigolôs que se oferecem, na Internet, para “proteger os ofendidos”, transformando uma manifestação individual, irresponsável, num grave delito coletivo ou partidário para que possam, então, se oferecer como salvadores de uma coletividade.

Curiosamente, os que reagem, em “nome dos nordestinos” às declarações idiotas feitas por um indivíduo acreditam, no fundo, que se trata de um “preconceito dos paulistas”. Seria o caso de perguntar: “Onde estão mesmo os preconceituosos”? Ainda volto ao tema.

Leia Aqui

terça-feira, 2 de novembro de 2010

O maravilhoso mundo socialista de Raúl Castro

Jornal O Liberal

Belém, 02 de Novembro de 2010

Da Redação, com agências

Em mais um duro discurso pontuado por mensagens reformistas, o presidente [ditador] cubano, Raúl Castro, pediu ontem aos líderes sindicais do país que resistam à "tendência perniciosa" de esconder as falhas do regime e afirmou que a ilha "vai ao precipício" se não aplicar reformas econômicas.

"O lado bom de cometer erros é que, pelo menos, eles nos dão a experiência para não repiti-los", disse Raúl em discurso a líderes da Confederação de Trabalhadores Cubanos, única organização de trabalhadores autorizado no arquipélago, ligado ao Partido Comunista.

Raúl também pediu aos líderes sindicais que ajudem o regime a "defender e explicar" a demissão de 500 mil empregados públicos - o equivalente a 10% do total dos postos de trabalho do Estado. Com a medida, o governo espera reduzir a máquina estatal e estimular o surgimento de pequenos negócios, que absorveriam os trabalhadores demitidos, aumentado ingresso de recursos públicos por meio de pagamentos de impostos.

Apesar da guinada, Raúl tentou deixar claro que as mudanças serão feitas "sem renúncias, as mínimas que sejam, à construção do socialismo". Ele disse ainda que a classe trabalhadora "é a protagonista da atualização do modelo econômico cubano". E ressaltou que "a única forma de romper dogmas, maus hábitos e tabus" é "dar participação às massas, tendo a classe trabalhadora à frente".

O ministro da Economia, Marino Murillo, foi ainda mais duro, dizendo que os trabalhadores cubanos não estão sendo produtivos o bastante para merecer salários que recebem. "A sociedade está tendo acesso a bens de consumo mais rapidamente do que os tem produzido", afirmou Murillo.

Também nesta segunda-feira, a Igreja Católica local anunciou que mais de três presos políticos serão libertados como parte de um acordo no qual terão de ir para o exílio, na Espanha, como já ocorreu na semana passada com outros cinco presos políticos.