quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Ana Júlia foi desmascarada no Debate estadual

A Petralhada Vagabunda sempre tem a mania de mudar os nomes dos programas de seus antecessores e, principalmente, dizer que pegou um Estado sucateado. Pois bem, a Ana Júlia teve que se explicar a todos os paraenses, no debate estadual realizado pela Liberal, sobre suas afirmações de que pegou o Estado do Pará com "problemas de caixa".

No segundo bloco do debate estadual, com temas livres, os candidatos puderam fazer perguntas entre si. E foi aí que, o Simão Jatene, sem titubear, leu o Diário Oficial do Estado, comprovando que a Ana Júlia recebeu o Estado do Pará com as contas saneadas e equilibradas. A candidata petista assinou o decreto nº 029, de 28/02/2007 assegurando que recebeu o Estado em ótima situação financeira. E o Mantega, ministro da fazenda, reconheceu, em 2007, o Pará como sendo adimplente.

Não há como se eximir de culpa. A Ana Júlia recebeu o Estado bem arrumado, e com as contas em dias. É evidente a incompetência da atual governadora que, não soube administrar o que já estava bem encaminhado no Pará. A tal da “herança maldita” do PSDB.

Na tréplica, após de levar uma surra bem dada do candidato tucano, a única resposta que ela encontrou para a ocasião foi: “deveríamos falar somente em propostas”. Claro! Depois de ser desmascarada em rede estadual, até uma resposta medíocre como essa, seria a melhor saída para a candidata Ana Júlia.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Sem Remorso..

Será que o “Diplomata” Celso Amorim não sente nenhum remorso por ter contribuído na condenação à forca de uma “adúltera” iraniana? Remorso? E lá comunista sabe o que é isso?

Um sujeito antiamericano que aperta a mão, cheia de sangue, de ditadores comunistas na África, América Latina e no Oriente Médio; que abriga um caudilho bolivariano na embaixada brasileira em Honduras violando a Convenção de Viena – Princípio da não intervenção; que manda caçar boxeadores cubanos - fugidos da delegação cubana durante os jogos Pan-Americanos no Rio de Janeiro - como se fossem bandidos; e que, tem como amigo, o megalomaníaco Mahmoud Ahmadinejad; certamente não se sente culpado pela condenação da jovem iraniana, Sakineh, à forca. Da mesma forma que, Stalin, Mao tse tung e Fidel Castro não se sentiram responsáveis pela morte de mais de 100 milhões de pessoas.

Acho que, o Celso Amorim – o Homem que acorda todas as noites pensando em dominar o mundo – irá assistir o enforcamento da jovem iraniana "de camarote" em um espaço “vip”. Uma "Burguesa Adúltera" tem mais é que morrer mesmo; não é Senhor “Diplomata”?

domingo, 26 de setembro de 2010

Não há obstáculos para criação de uma ditadura

O caudilho boliviano, Evo Morales, disse não ver obstáculos para o seu terceiro mandato, já que, a nova constituição aprovada em 2005, não o impede de disputar as eleições de 2014. O que ele quis dizer é o seguinte: Não há obstáculos para institucionalização e legalização de uma ditadura bolivariana na América Latina.

Outros amiguinhos esquerdistas, como Hugo Chávez e Rafael Corrêa, também fizeram mudanças constitucionais para permanecer mais tempo no poder. Só Zeleya,para a felicidade da democracia na região, não foi capaz de transgredir as leis em Honduras; país esse que, soube segurar o ímpeto ditatorial dos bolivarianos.

A América Latina está tão enfraquecida com a proliferação da ditadura socialista, que os caudilhos bolivarianos não fazem nenhum esforço para desmantelar as instituições democráticas com o objetivo de se eternizar no poder. Um dos motivos desse enfraquecimento, é, na minha opinião, a cumplicidade dos legisladores nesses países que, fez com que ditadores bolivarianos se tornassem mais forte do que as próprias leis. É o famoso "L'état c'est moi", capaz de mudar constituições de acordo com o projeto de poder para benefício próprio. Infelizmente, o Brasil não está longe desse problema. É só lembrar o que disse Zé Dirceu em uma oportunidade: “O problema é o monopólio das grandes mídias, excesso de liberdade e de direito de expressão e de imprensa. A imprensa já disputa até a constituição do governo".

É bom tomar cuidado, ou então, o PT também não terá obstáculos na criação de uma ditadura socialista no Brasil. Estão avisados heim!?

sábado, 25 de setembro de 2010

Título histórico do Botafogo em 1910 completa 100 anos

Por Gm marcelo


O ano de 1910 é marcante para a história do Botafogo. Tanto que é destacado no hino do clube, composto por Lamartine Babo. Naquele ano, o então Botafogo Football Club ganhou o Campeonato Carioca. Considerado, na época, o primeiro título do Alvinegro. A conquista de 1907 só seria oficializada 89 anos depois, em 1996.

A histórica conquista de 1910 se torna centenária neste sábado. Em 25 de setembro de 1910, o Alvinegro goleou o Fluminense por 6 a 1 e assegurou o título com uma rodada de antecipação.

A campanha do Botafogo há cem anos começou com um tropeço: derrota para o América por 4 a 1. Mas a partir da segunda rodada, a equipe fez uma campanha impecável, vencendo os nove jogos restantes, demonstrando um grande poder ofensivo. Em dez partidas, foram 66 gols marcados e apenas nove sofridos.

Goleadas não faltaram. A maior vitíma foi o Riachuelo, que perdeu por 9 a 1 no primeiro turno. E sofreu uma derrota ainda maior no returno: Botafogo 15 a 1. Com direito a sete gols de Abelardo de Lamare.

O atacante foi o artilheiro da competição, com 22 gols. Três marcados no jogo decisivo contra o Fluminense, disputado no antigo campo localizado na Rua Voluntários da Pátria. Décio Viccari (dois) e Mimi Sodré marcaram os outros tentos alvinegros. Lulu Rocha fez, contra, o gol de honra do Flu.

No dia seguinte, manchetes na imprensa carioca destacavam o feito do Botafogo, chamando-o de “Glorioso campeão de 1910″. Surgia então, há 100 anos, o apelido que acompanha o clube até hoje.

Leia Mais Aqui

Uma péssima indicação

A Petralhada Vagabunda se comportou mais uma vez como um partido nazista e, fez uso de uma premiação cinematográfica para exaltar figura do presidente Lula em pleno período eleitoral. Quem leva esse país a sério heim?!

A indicação do Filme “Lula, o Filho do Brasil”, evidencia toda uma estratégia midiática em torno do presidente Lula, e também, a forte influência que o Partido dos Trabalhadores tem em vários segmentos da sociedade, inclusive, no segmento artístico onde sempre teve muita representatividade.

A voz do povo - que segundo o PT, é a voz de Deus - não vale nada quando prejudica na campanha política da petralhada vagabunda. Em uma enquete realizada pelo Ministério da Cultura, o Filme “O Nosso Lar” obteve em torno de 70% dos votos. Em segundo lugar, o Filme sobre a vida de Chico Xavier teve a aprovação de mais 12% do público; ”Lula, o Filho do Brasil” ficou somente em sexto lugar com apenas 1%. Muitas desculpas esfarrapadas foram dadas para justificar a escolha do filme, e uma delas, é de que haverá cenas adicionais com a presença de Barack Obama e, outros líderes mundiais. Brincadeira?

Como um filme sem repercussão popular - fracasso nos cinemas, nas locadoras, e até mesmo nos “camelódromos”- pôde ganhar a possibilidade de participar do Oscar? Essa insistência em endeusar Lula é repugnante! É o Stalinismo/Nazismo fazendo escola!

Fonte [1]

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

CARROCEIROS DE SANTARÉM ALUGAM CARROS E BARCOS PARA O GOVERNO

Postado por Ronaldo Brasiliense


A Associação dos Condutores de Carroça de Santarém vai fornecer ao governo de Ana Júlia Carepa (PT) "espaço físico, material pedagógico, aluguel de veículos, de barco e alimentação" por módicos R$ 51.100,00 por um contrato de seis meses, com vigência até 30 de dezembro de 2010, firmado com a Ação Social do Governo Ana Júlia.

O contrato, supostamemte com dispensa de licitação, foi publicado hoje, 21, no Diário Oficial do Estado. A Associação dos Condutores de Carroça de Santarém fica localizada na rua Tauari, número 22, em Santarém. Bem que a governadora Ana Júlia poderia mandar para a imprensa parte do material pedagógico produzido pelos carroceiros santarenos e disponibilizar quais os modelos de veículos que serão locados pelos carroceiros mocorongos.

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31756 de 21/09/2010

GABINETE DA GOVERNADORA

AÇÃO SOCIAL INTEGRADA DO PALÁCIO DO GOVERNO

Convênio

Número de Publicação: 158485

Errata da Publicação Nº 125903

Convênio: 61/2010

Objeto: ALUGUEL DE ESPAÇO FISICO, MATERIAL PEDAGOGICO, ALUGUEL DE VEICULOS, DE BARCO, ALIMENTAÇÃO

Valor Total: 51.100,00

Assinatura: 30/06/2010

Vigência: 30/06/2010 a 30/12/2010

Orçamento:

Programa de Trabalho Natureza da Despesa Fonte do Recurso Origem do Recurso

08244124549040000 335043 0101002158 Estadual

Partes:

Beneficiário ente Privado: ASSOC DOS CONDUTORES DE CARROÇA DE SANTAREM

Endereço: R Tauari, 22

CEP. 68015250 - Santarém/PA

Concedente: AÇÃO SOCIAL INTEGRADA DO PALACIO DO GOVERNO

Ordenador: JOSUE NAUAR DE ARAUJO "


Comentário:


Mas que palhaçada heim!? Em pleno ano eleitoral! A Petralhada Vagabunda não sabe ganhar eleição, senão subornando e mexendo os pauzinhos por trás dos bastidores. Lamentável!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

O EXPERIMENTO

Por Ralph J. Hofmann

OpiniãoLivre.com.br

A partir do Manifesto Comunista o comunismo tornou-se uma teoria que procurava um laboratório para comprovar a veracidade da progressão de uma “Ditadura do Proletariado”, que seria um meio que levaria a uma sociedade sem classes, o socialismo na sua expressão absoluta em que tudo seriam flores e balas de alcaçuz.

Em 1917 os comunistas russos obtiveram este laboratório. De fato, um imenso laboratório. Um laboratório que estava em grande parte numa fase anterior à etapa da sociedade burguesa.

Enquanto o resto da Europa foi afetado pela Peste Negra, que valorizou o talento e a habilidade ao quebrar a lealdade mútua entre senhores feudais, que tendo perdido até um quarto de seus servos passaram a receber especialistas fugidos de outros feudos sem questionar suas origens. Assim surgiram os ferreiros, moleiros, arrieiros, flecheiros e tecelões que não estavam mais presos à terra, a um donatário, criando as bases para os empreendimentos independentes e o nascimento de uma classe empreendedora, os burgueses. A Rússia e os países e províncias do Leste Europeu ainda tinham, formalmente ou não um grande contingente de servos na virada do século XIX para o século XX.

Portanto os comunistas russos apenas tiveram de remover uma pequena camada de burgueses e nobres. Assim tinham a multidão de quase-escravos feudais à disposição para moldar. Coisa fácil. Mais demorada foi a extirpação dos Kulaks, os fazendeiros médios que exploravam 15% das terras agricultáveis da Rússia e eram responsáveis por 30% da produção agrícola. Solzhenitzin calcula que tenham sido exterminados 6 milhões de Kulaks, contudo outras fontes, analisando os dados existentes, calculam entre 1,8 a 2 milhões de mortos. Um número adicional, bastante alto foi enviado à Sibéria. Naturalmente a falta destes homens que sabiam produzir gerou vários períodos de fome e miséria. A Rússia nunca mais foi auto-suficiente em alimentos. Nas grandes coletivizações, o rebanho russo caiu em 25% apenas estabilizando nos níveis dos anos 20 na década de 50. Isto apesar de belos filmes mostrando as planícies do Ukraine sendo plantadas e ceifadas por alegres camponeses cantando a “Internacional”. Aliás, os Ukranianos plantavam e o governo confiscava a colheita, assim condenando milhões à morte pela fome.

Resolvidos estes pequenos problemas, removidos os sanguessugas da sociedade a Rússia tinha se tornado campo estéril, laboratório perfeito para o experimento comunista. A “Ditadura do Proletariado” se estendeu por 72 anos, vindo morrer à míngua. Não conseguia alimentar no povo nem melhorar seu nível de vida, nem proporcionar uma sociedade em que os homens fossem felizes. Infelizmente deixou saudades e carpideiras.

Essas carpideiras situam-se entre os que viviam bem por ter galgado posições na estrutura do partido, sem que se lhes cobrasse alguma competência em especial. Eram homens leais remunerados apenas por serem leais.

A Rússia, como o Lula em relação ao “Fome Zero” e outros programas, nem bem tinha tomado o poder e anunciou que o comunismo, a Ditadura do Proletariado, conseguira implantar o Paraíso na Terra. E partiu para exportar este Paraíso na Terra. Sobreveio uma Guerra Mundial e a Rússia, saiu de suas fronteiras à caça dos alemães invasores, e conseguiu implantar seu Paraíso em grande número de países, onde cada vez se raspou as camadas superiores da sociedade para criar o campo de trabalho/laboratório ideal para o experimento.

E o experimento foi para a China, e foi para a Coréia, e foi para o Vietname. E foi para Cuba.

Leia Mais Aqui

terça-feira, 21 de setembro de 2010

“The Razor’s Edge” faz 20 anos!


O Álbum “The Razor’s Edge”, do grupo AC/DC, está completando hoje 20 aninhos. O grupo Australiano não atravessava uma boa fase nos meados dos anos 80 – “pós Black in Black” – e, por isso, muito esforço foi feito para fazer um álbum de qualidade, e que, pudesse atender as expectativas dos fãs.

Felizmente, para a felicidade da crítica e dos fãs de Rock, o AC/DC recuperou o seu prestígio - que havia perdido nos últimos anos - com o lançamento do Album “The Razor’s Edge”, no dia 21 de setembro de 1990. É puro "Hard Rock" de qualidade do início ao fim do disco.

As principais canções do Álbum são “Thundertruck” e “Moneytalks”. Duas excelentes músicas que, desde os anos 90, fazem parte do repertório do grupo nos concertos.

Deixo aqui a minha homenagem a um dos Álbuns mais conceituados do Rock. Feliz aniversário... “The Razor’s Edge”!



segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Lula, o Ditador

O Lula deixou de ser, há muito tempo, o presidente do Brasil, para ser o principal cabo eleitoral da Dilma e, dos aliados do PT. O povo brasileiro o escolheu para ser presidente, mas, no entanto, no final do seu mandato, ele decidiu viajar nos quatro cantos do país, com o desejo extirpar os seus opositores, e fazer campanhas eleitorais para os seus companheiros. Um comportamento que não condiz com a de um estadista. Um presidente que se preze, tem que trabalhar do primeiro até o último dia a favor dos interesses do país, e não de interesses particulares como anda fazendo ultimamente.

Lendo o Blog Reinaldo Azevedo, pude ver, mais uma vez, o lado fascista do presidente Lula. Leia você mesmo:


Eu moro em Belém e, não vi o comentário de Lula na propaganda eleitoral destinado aos paulistas. É chocante ver um presidente acusar o candidato a governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, de “não ter a alma do povo brasileiro”. E mais! Em Santa Catarina, como muita gente sabe, ele pediu a extirpação do DEM no cenário político brasileiro; durante um comício em Joinville. Até onde vai parar esse autoritarismo? Ele deve pensar, obviamente, que a sua alta popularidade, lhe dá direito de usar e abusar da democracia. O Lula já está passando do estágio “vaidoso” para o estágio “autoritário”. Muito comum no Partido dos Trabalhadores.

O operário do ABC paulista dos anos 80/90, está deixando de ser, no final de seu mandato, aquele nordestino que chegou a São Paulo em um Pau-de-arara – Maquiado pela magia publicitária de Duda Mendonça. Não é possível, para um ditador como Lula, esconder todo o seu autoritarismo em oito anos de governo. Eis que, nos acréscimo, ele assume o seu lado fascista de ser.

domingo, 19 de setembro de 2010

O PT venezuelano

Chávez adverte que triunfo eleitoral de opositores seria ruína da ''revolução''


Apenas uma semana separa a Venezuela da eleição parlamentar que pode dar novo fôlego ao presidente Hugo Chávez ou precipitar a decadência do venezuelano, que está há 11 anos ininterruptos no poder. Na história recente da América do Sul, apenas dois líderes governaram por tanto tempo: o chileno Augusto Pinochet (1973-1990) e o paraguaio Alfredo Stroessner (1954-1989) - dois ditadores.

Mais do que escolher os 167 novos membros da Assembleia Nacional - única instância parlamentar de um país que extinguiu o Senado, em 1999 -, os venezuelanos devem mostrar o grau de polarização da vida política do país até as eleições presidenciais de 2012, às quais Chávez já se lançou como candidato, apesar de sua popularidade, que já foi de 75% em 2006, não passar hoje de de 44%, segundo o Datanálisis.

Atualmente, quase todos os parlamentares venezuelanos são chavistas. A oposição boicotou as eleições legislativas, há cinco anos, pregando a abstenção e acusando a Justiça eleitoral do país de fraude. Agora, mudou sua estratégia e espera conquistar entre 57 e 50 cadeiras. Um avanço como esse tiraria de Chávez a maioria de dois terços e o obrigaria a negociar ou apostar ainda mais na radicalização.

O líder venezuelano sabe que, se perder o controle do Legislativo, seu plano socialista "começará a desmoronar", como ele mesmo disse na sexta-feira, em um comício eleitoral em Caracas. "É preciso manter a hegemonia para, assim, garantir a continuidade da gloriosa revolução bolivariana", disse Chávez.

O teste eleitoral que se aproxima voltou a polarizar as opiniões de analistas e eleitores. Os que veem em Chávez um líder socialista e carismático ressaltam o fato de ele ter participado e vencido três eleições presidenciais. Líder de uma tentativa de golpe de Estado, em 1992, ele resistiu a outro movimento golpista em 2002.

Vitórias. Seu partido saiu vitorioso em duas eleições regionais, controla 17 dos 24 Estados venezuelanos e governa 80% das cidades do país. Até mesmo o direito de disputar um número ilimitado de eleições foi garantido por plebiscito, nas urnas, sob a chancela de observadores internacionais independentes (mais informações na página 21).

No entanto, o extenso currículo eleitoral não é, por si só, garantia de que exista uma democracia plena na Venezuela. Ao contrário, a oposição acusa Chávez de afastar-se cada vez mais do modelo democrático, atacando a liberdade de imprensa e a independência dos poderes, perseguindo juízes, prendendo opositores e sindicalistas, arruinando a economia e permitindo que o país bata todos os recordes de insegurança - o número de assassinatos pulou de 4 mil, em 1999, para 16 mil, em 2009.

sábado, 18 de setembro de 2010

A Corrupção ..

"A vaidade é um princípio de corrupção". [Essa caiu direitinho para o Lula] (Machado de Assis)

"A corrupção na administração pública agora é organizada, quase partidarizada. Uma barbaridade inaceitável." (Mário Covas) [Polícia Federal de Tarso Genro, Caro Erenice Guerra, Dossiês, Receita Federal etc etc etc..] 

"Estamos diante de uma forma nova de corrupção, organizada supostamente sob a batuta do principal partido de sustentação do governo, que veio à luz não por denúncias da oposição nem encontrou nela quem desse qualquer eco 'golpista'. Quem pariu Mateus que o embale". (FHC)

"O subdesenvolvido procura soluções mágicas. Quando faltava chuva, o inca não tinha dúvida: sacrificava algumas crianças ao deus de plantão. Aqui, a mágica agora é o denuncismo do 'pega corrupto'. Esquecemos as razões profundas da corrupção, a falência múltipla do Estado, obsoleto, corporativo, ocupado por interesses espúrios, cuja ineficiência tem por maiores vítimas os pobres e indefesos. Se continuarmos a pensar nos sintomas, e não na doença, não conseguiremos mudar as coisas. Só se Deus for mesmo brasileiro..." (Roberto Campos)

"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." (Rui Barbosa)

"A corrupção dos governantes quase sempre começa com a corrupção dos seus princípios".(Montesquieu)

Fontes [1] [2] [3]

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Aparelhamento petista na PF

A Polícia Federal - Privatizada, aparelhada e instrumentalizada pelo PT de Tarso Genro – disse não ver nenhum crime político na quebra de sigilo bancário da filha de José Serra. Durma com barulho desses!

Quer dizer então que, o contador filiado ao PT viola o imposto de renda da filha de José Serra, e os investigadores da Polícia Federal chegam à conclusão de que o crime não tinha motivação política. Impunidade à vista! É por isso que o Advogado da Verônica Serra anunciou fazer uma investigação paralela sobre a quebra de sigilo da sua cliente, já que, se depender da Polícia Federal para resolver o caso, é capaz cair no esquecimento como tantas outras infrações cometidas pelos petistas.

A PF está servindo somente para acusar a oposição – acusações justas e injustas – e, também, para abrir as portas do Palácio Piratini ao Tarso Genro no Rio Grande do Sul. Há muito tempo que a Polícia Federal deixou de ser uma instituição séria para trabalhar exclusivamente para a família Genro. O lema Petralha na PF é: "Aparelhar o estado para acusar a oposição e, defender os companheiros".

Fonte [1]
Fonte [2]

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Chávez, o terrorista

Por Graça Salgueiro

Mídia Sem Máscara

Alejandro Peña Esclusa completa dois meses de prisão e está sendo processado penalmente com base em duas acusações que superam todas as iniqüidades até agora cometidas pela Fiscalização Geral, o que quer dizer muito.

Uma, são as supostas declarações de um provável terrorista chamado Chávez, que teria tentado entrar no país irregularmente e que já estaria fora de sua jurisdição, sem poder ratificar o dito ante um Tribunal, nem ser perguntado outra vez por ninguém, porque já teria se afundado nas senzalas castristas.

A outra, é o suposto achado de explosivos no escritório da filha de 8 anos de Alejandro o que, se se quer ser excessivamente indulgente, evidencia um erro garrafal dos funcionários que os "plantaram" ali, que nem sequer se informaram sobre a distribuição da casa que estavam invadindo e os puseram em um lugar estramboticamente equivocado.

Não se necessita ser advogado para saber que um depoimento para surtir efeitos legais deve ser feito por pessoa idônea, ante um funcionário competente, em um lugar e tempo hábeis, concatenada com outros elementos de juízo que lhe dêem alguma verossimilhança, das quais hipóteses nenhuma foi cumprida no caso já citado.

Segundo as declarações oficiais, se é que pode-se chamar assim, Chávez Abarca nunca ingressou legalmente na Venezuela porque teria tentado fazê-lo sob nome fictício, com passaporte falso, portanto, legalmente nunca esteve no país.

Abarca ofereceu seus supostos depoimentos ante funcionários incompetentes (de inteligência, não judiciais), sem que conste presença de um fiscal do Ministério Público, de advogado de sua confiança, testemunhas, nem que conhecesse quais eram seus direitos em um país estrangeiro onde teria sido surpreendido fora da lei.

Imediatamente foi "deportado" para Cuba, em circunstâncias ainda mais irregulares porque não é de nacionalidade cubana senão salvadorenha e, em todo caso, por ingresso ilegal, deveria ser devolvido ao país de procedência e não a um terceiro país, embora este o solicitasse, porque nesse caso o procedimento seria muito diferente.

Se Cuba tinha causas penais contra o sujeito, o procedente seria uma extradição, que implica num procedimento judicial e pronunciamento do TSJ (Tribunal Superior de Justiça) que, por certo, em casos anteriores negou à Espanha a extradição de etarras, convictos e confessos terroristas bascos, mesmo tratando-se de um governo socialista.

Como fizeram constar a identidade do depoente se nem sequer o que foi deportado portava documentos de identidade? Que valor processual pode ter um depoimento supostamente feito em tais circunstâncias, por um sujeito não identificado? Que espécie de procedimento policial será este sem formalidade alguma, para não falar do respeito a direitos humanos elementares?

Chama a atenção que El Salvador, o mesmo que negou asilo aos delegados, tampouco disse nada para reclamar por um de seus cidadãos, inclusive se é um provável delinqüente que deve ter por lá suas contas pendentes.

Nem Human Rights Watch, Anistia Internacional e tantas organizações de direitos humanos, habitualmente preocupadas pela sorte de terroristas islâmicos ou de qualquer outro gênero, sempre que sejam detidos pelos Estados Unidos, Israel ou Colômbia, deram sinal de que este cidadão pertença ao gênero humano.

Então, quem é este senhor Francisco Chávez Abarca? Com a provável exceção de Eduardo Semtei, que por razões inexplicáveis mostrou grande experiência em matéria de terrorismo anti-castrista, na Venezuela "ninguém sabe, ninguém soube".

Seus supostos depoimentos não se qualificam como acusação, nem denúncia, que têm que ser ratificadas e este é o ponto crucial: como a mera palavra aventada de alguém de quem só se diz que é um criminoso internacional, e em circunstâncias tão equivocadas, pode servir de fundamento para privar um cidadão venezuelano de sua liberdade e submetê-lo a um julgamento penal?

A segunda acusação, a dos explosivos, não merece sequer uma avaliação séria, a não ser que a Fiscalização Geral tenha em mente considerar como agravante a negligência, a imprudência e a imperícia de quem põe em perigo a si mesmo, a toda sua família, ao condomínio inteiro e aos objetivos de seu plano desestabilizador, deixando objetos perigosíssimos ao alcance das mãos de suas filhas menores como se fossem brinquedos.

Finalmente, é impossível estabelecer a conexão entre Chávez Abarca e estes prováveis explosivos, pelo que falta a relação, o vínculo entre as duas acusações para que alguém colabore em reforçar a outra e produzir alguma convicção razoável.

Uma vez mais, o sentimento dominante tem que ser essa espécie de aturdimento que produz constatar que na Venezuela perderam-se todos os limites, não só políticos, jurídicos e morais, mas inclusive lógicos, do senso comum.

Entretanto, a injustiça campeia. Continua-se acreditando que os delinqüentes são decretados segundo a conveniência da ditadura, assim como este perdão aos verdadeiros criminosos, que com idêntica impavidez condena os inocentes.

Leia Mais Aqui

terça-feira, 14 de setembro de 2010

O "extirpador"

Já que a Dilma Rousseff não sabe fazer nada sozinha, como uma criança de 60 anos que ainda não saiu das fraldas – Dilma escreveria “Flaudas” –, ela se sentiu na obrigação de chamar o presidente Lula para participar de seu comício realizado em Santa Catarina. O “cara” que deixou de ser presidente, para ser cabo eleitoral da terrorista. Não deu outra, foi o Lula o principal "orador" da quadrilha petista. A candidata à governadora pelo PT em Santa Catarina, Ideli “Salvaca”, e a candidata à presidência, Dilma Rousseff, só ficaram no comício babando ovo e brincando de Tarzan nos pelos do saco do presidente. Empolgar a platéia por conta própria que é bom , NADA! Isso é possível somente na presença do dito presidente da república das bananas.

E como não seria diferente, o Lula teve mais um daqueles ataques de arrogância, e, disse em comício em Joinville que, o DEM deveria ser “extirpado” da política brasileira, assim como o Toninho do PT e Celso Daniel. Sabe como é né? O PT conhece como nenhum outro partido o significado da palavra “extirpar”.

Esse discurso do Lula só vem a provar o caráter absolutista e ditatorial do atual Presidente da República. Comportamento típico do chavismo que, usa o poder político para intimidar seus adversários na base da grosseria e do autoritarismo. O país está entregue totalmente à ditadura petista, o que é extremamente ruim para o bom funcionamento da democracia brasileira. Ah! Um detalhe: O digníssimo José Dirceu teria dito na Bahia que, a imprensa tem “excesso de liberdade”. Legal heim!? O que será que ele pretende fazer? Adivinhe..
Caso a Dilma Rousseff ganhe as eleições, a democracia brasileira estará com os seus dias contados. O Brasil, infelizmente, está muito próximo de se tornar uma Venezuela. Dizer não ao PT, é dizer sim à democracia! Pense nisso!

Índia é "suja e Miserável"

Cadê os Patriotas que tanto criticaram o Stallone? Vocês sabem da última? O tenista brasileiro Ricardo Mello, em uma entrevista coletiva, disse para ter cuidado com a água na Índia por se tratar de um país “sujo e miserável”. Agora eu pergunto: Esse infeliz não merecia um #CalaBocaMello no meio da fuça? O Brasil é o quê então? Um país limpo e maravilhoso, cheio de encantos mil? Rapaz, antes de criticar o país dos outros, olhe para o seu próprio umbigo sujo e miserável! Saneamento básico avançou muito pouco em oito anos de Governo Lula e, você vem falar que a Índia é Suja? Deixe de ser imbecil cara!

Não me venham com papo furado de que ele foi infeliz em sua declaração. Por Favor!

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Os perigos do partido do polvo

Por Nivaldo Cordeiro


Eu pensei que a prisão do governador do Amapá, Waldez Góes, e outras autoridades do Estado, fosse tomar conta do noticiário do final de semana. A mim me parece que a ação da Polícia Federal foi uma tentativa do Palácio do Planalto de criar um fato importante para substituir as manchetes desfavoráveis ao governo que têm se sucedido por cerca de quinze dias, desde que se descobriu a criminosa ação dos que quebraram o sigilo fiscal e bancário de pessoas eminentes ligadas ao PSDB e de familiares de José Serra. Não deu certo.

[Cabe aqui perguntar a legitimidade da Polícia Federal e da Justiça Eleitoral estarem fazendo um "segundo turno" no tapetão, cassando o voto popular e distorcendo a legítima representação. Cada vez mais, no Brasil, a alta burocracia policial e da justiça está se substituindo ao povo e se assenhorandodo Estado. Vivemos uma ditadura policial moderada. Que autoridade tem a Polícia Federal de Lula, chefe de um partido corrupto, para cassar o voto de eleitos legítimos em nome do combate à corrupção?]

O furo da revista Veja, que tem provas de transações criminosas dentro do Palácio do Planalto, recebeu a capa da revista, que novamente utilizou a expressão da semana anterior - partido do polvo - para se referir ao PT e à crescente fusão entre o Estado e o partido governante. Os jornais O Estado de São Paulo e a Folha de São Paulo de hoje repetiram a denúncia, ampliando a notícia. É certo que o noticiário tomará as manchetes da semana que entra, agora em momento bem mais próximo da data da eleição. O PT não consegue substituir as manchetes desfavoráveis que ele próprio tem gerado contra si mesmo.

A revista fez um trabalho primoroso para a opinião pública, revelando o balcão de negócios que se instalou ao lado da sala do presidente da República. O título da matéria não poderia ser mais explícito: "Propina dentro do Palácio do Planalto", envolvendo ninguém menos do que a sucessora de Dilma Rousseff na Casa Civil da Presidência da República, Erenice Guerra.

Cabe aqui perguntar se tão prolongado período de notícias negativas na grande imprensa, tanto jornais quanto televisões, não afetaram as intenções de voto, como sugere a última divulgação das pesquisas do Datafolha. Reafirmo: essas pesquisas são falsas, mentirosas e não podem ser levadas em conta. Há um conluio desses institutos de pesquisa com o partido do polvo para induzir o voto popular. Ou talvez coisa pior: mais de uma pessoa autorizada tem me falado do desconforto do uso das tais urnas eletrônicas, que impossibilitam uma auditoria na contagem de votos. Estaremos diante de um escândalo ainda maior, que burla a vontade popular? A ousadia mentirosa dos institutos de pesquisa agride a inteligência dos observadores bem informados.

Leia Mais Aqui

domingo, 12 de setembro de 2010

Máquina de corrupção dos Petralhas Vagabundos

Não é a toa que o PT é o partido político brasileiro, de longe, o mais corrupto da história desse país. E digo mais. Se pudéssemos medir a presença de partidos envolvidos em corrupções em todo mundo, com certeza, o PT estaria presente em mais de 50% delas.

O PT já foi pego em mais um escândalo de grandes proporções. O mensalão é fichinha perto desse esquema de corrupção promovido pela quadrilha petista. Segundo a Revista “Veja”, a sucessora de Dilma Rousseff na Casa Civil, Erenice Guerra, montou uma equipe que negociava diretamente com empresários que tinham interesses em fazer parcerias com o Governo Federal. Era uma Central de Lobby dentro do Palácio do Planalto. A Erenice Guerra cobrava dos empresários uma taxa de 6% no momento de firmar o contrato com o governo.

Mesmo que um cientista quisesse criar uma máquina poderosa de corrupção, não teria tanto êxito em comparação com a máquina de corrupção petista. É um escândalo atrás do outro. É impossível saber a medida da maldade dos petralhas vagabundos.

Sem Mais !

Não foi dessa vez ...


Com o fim do Oasis no final do ano passado, havia uma grande expectativa de que Noel Gallagher pudesse lançar seu primeiro álbum solo em 2010.

Mas, em uma entrevista com a BBC, o ex-líder do grupo de Manchester frustrou os seus fãs ao dizer que o seu disco de estréia não seria mais lançado nesse ano como prometido.

O adiamento de seu trabalho solo se deu por conta da gravidez de sua atual esposa Sara Mac Donald. “Minha Mulher está grávida de nove meses, então não farei nada até o próximo ano”, disse Noel Gallagher.

É uma pena mesmo. Com tantos artistas brucutus no cenário atual da música internacional, bem que Noel Gallagher poderia nos abrilhantar com as suas brilhantes composições. Não foi dessa vez..

sábado, 11 de setembro de 2010

Doar a quem doer...

Por Felipe Patury

Revista Veja
Candidata à reeleição, a governadora do Pará, Ana Júlia Carepa, convocou um pregão eletrônico paera comprar 200 bicicletas e 2.000 eletromèsticos, panelas e garrafas térmicas.

De acordo com o Diário Oficial do Pará, tudo isso seria encaminhado para a doação. Só não se sabe como. A lei proíbe doações em ano eleitoral. "Essa licitação foge da normalidade e precisa ser investigada", diz o procurador da República, Fernando Aguiar. Há três semanas, Ana Júlia já tinha sido alvo de uma outra investigação, por comprar 5.000 cestas básicas para a doação.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Cobranças de Pênaltis engraçadíssimas

Pense duas vezes antes de dizer que "já viu de tudo nessa vida". Veja essa cobrança de pênalti nas oitavas de final da "Copa Rei" em Marrocos e, diga se você já viu algo igual?



E Quem não se lembra desse gol espírita do Cássio do Flamengo sobre o goleiro Murilo do Fluminense?



Não tem como não esquecer dessa cobraça de pênalti na Copa do Mundo de 1986. A vítima foi o goleiro Carlos da seleção brasileira.

Vote no poste

Por Conde Loppeux


É relativamente comum ouvir na imprensa o refrão comum das eleições brasileiras, quando o elemento é o voto: o “espetáculo” da democracia! Na prática é um chavão cheio de fantasias, como se o voto definisse, por si mesmo, o aspecto essencial do sistema democrático. Neste caso, o voto é um fetiche, um objeto de culto, como se a expressão popular fosse a mais sacrossanta das escolhas políticas. Quem se prestasse a estudar história sabe que o voto, antes de provar a validade do sistema democrático, foi a arma mais perfeita das ditaduras totalitárias do século XX, e continua sendo o instrumento preferido dos déspotas do século XXI. Hitler, Mussolini, Stálin, Fidel Castro, Saddam Hussein, Hugo Chavez e outros demais tiranos usaram o voto como simulacro de legitimidade popular. Se o sufrágio universal já serviu para alguma coisa, foi justamente para arruinar a democracia.

Poucas coisas são mais assustadoras na democracia do que o voto. As ruas ficam apinhadas de panfletagem maciça, cartazes e slogans, além de musiquinhas vulgares (aqui em Belém é quase sempre o brega) e homenzinhos medianos e vulgares pedem a atenção dos eleitores, quando, na prática, mais parecem uma mercadoria de feira vendida na rua. Isto, quando não aparecem os candidatos circenses por excelência, aqueles que no horário eleitoral gratuito demonstram ser a caricatura do nosso sistema político (e também de nosso eleitorado). Se há algo que o sistema eleitoral democrático dos tempos modernos representa é um espetáculo sim, da estupidez, da mediocridade e da baixeza moral e ética da consciência elementar do povo e da classe política. É, em suma, um sistema democrático de massas, onde a sacralidade e extensão do voto são diretamente proporcionais a sua quantificação e sua completa perda de valor. No final das contas, o voto democrático é a escolha de indivíduos atomizados, alienados de quaisquer convicções, interesses ou idéias próprias sobre a política. A grande maioria é completamente indiferente ou ignora o que sempre está em jogo. As eleições conseguem ser piores do que a Copa do Mundo. . .

É assustador pensar que o sufrágio universal, ao contrário do que se presume, afasta muito mais os governantes dos governados. Vota-se, não pelo conhecimento de quem vai exercer um cargo ou tomar as dores e primícias do poder, mas sim pelo elemento sedutor da propaganda de difusão em massa dos candidatos. O eleitor médio é obrigado a votar pelas cartilhas da propaganda ou da chamada “boca de urna”, porém, mal conhece os candidatos. Ademais, os eleitores nem mesmo conhecem o porquê de votarem nos candidatos. Muita gente ignora a razão de existir uma câmara dos deputados ou o senado. Não é por acaso que o Congresso Nacional é uma instituição fraca neste país.

Isso explica, embora não totalmente, o fato da candidata a Presidente da República Dilma Rousseff ser a indicada para ganhar as eleições. O povo brasileiro, em massa, através de uma propaganda de desinformação, estará votando num poste para presidente. Tudo porque a outra figura mítica inventada pela imprensa, pela inteligentsia e pelos círculos educacionais controlados pela esquerda, o Sr. Lula, indicou-a como sua sucessora.

Esse povo ignorante, estúpido, que votaria até num macaco para presidente, não faz questão de perguntar quem é essa criatura que, provavelmente, tomará o poder. Não se questiona sobre seu passado sujo, sua inimizade ideológica e política contra a democracia. Bestializado, esse povo ainda acredita nas ilusões materiais de uma prosperidade econômica insignificante, quando as instituições públicas e demais valores que consagram a democracia estão em perigo. Para um eleitorado que mais lembra uma manada, como esperar algum tipo de consciência, quando as liberdades civis e políticas estão ameaçadas? O importante é comer, beber e dormir, numa farra de pão e circo, ainda que para isto a liberdade seja destruída.

Leia Mais Aqui

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Palhaçada na Fórmula 1


Que exemplo a Ferrari está dando para o mundo dos esportes, não é mesmo? A escuderia Italiana faz uma "reunião" amigável com a FIA para inventar uma história qualquer; joga no colo da imprensa esportiva, e, fica por isso mesmo, como se a defesa apresentada pela Ferrari fosse convincente e verdadeira.

Olha essa piada. Segundo a Ferrari, o Felipe Massa teria ficado irritado com o recado que recebeu da equipe italiana. E por essa razão, o piloto brasileiro teria deixado Fernando Alonso passar no GP da Alemanha. Então, vocês podem ficar tranquilos. Só foi um mal-entendido. Em nenhum momento – Vejam só que palhaçada – a Ferrari ordenou que Felipe Massa cedesse a vitória ao piloto espanhol. Aquela fala pausada, a mensagem explícita do engenheiro, e o questionamento no final da frase para saber se Felipe tinha entendido o recado, não tinham nenhuma relação com o jogo de equipe.

Todo esse teatro realizado na sede da FIA em Paris, teve um só objetivo: “Rever” o jogo de equipe na Fórmula 1. Como é de conhecimento de todos, atualmente, é proibida a troca de posições de forma intencional entre pilotos da mesma equipe, a não ser que, um dos pilotos não tenha mais chance de ganhar um mundial.

Por que a FIA não cria uma categoria só para a Ferrari? A Fórmula 1 agradece, e a ética esportiva também.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

A voz de um cidadão brasileiro bem informado

Esse Pedreiro é mais informado do que qualquer "intelectual" metido a formador de opinião na BAND, ou na GloboNews.

Meus Parabéns a esse cidadão brasileiro que disse tudo em uma música de menos de três minutos.



Pra mim é PT saudações , e predam todos os ladrões !

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Aprenda Basquete na "Scola"

Quem viu o jogo de hoje pelo Mundial de Basquete, sabe do quê, e quem estou falando. Para aqueles que não acompanharam o jogo entre Brasil e Argentina, perderam uma grande oportunidade de ver um jogaço que as duas seleções fizeram em quadra e, principalmente, a extraordinária atuação do jogador argentino Luis Scola. Já não é a primeira vez que o ala-pivô da seleção da Argentina apronta para cima do Brasil. Em 2007, no classificatório para as olimpíadas em Los Angeles, o Luis Scola fez de tudo e mais um pouco nos dois confrontos contra a seleção brasileira , que, por conta do carrasco argentino, não pôde disputar as olimpíadas de 2008 na China.

O Luis Scola teve mais uma grande jornada na competição e, eliminou a seleção brasileira com 37 pontos e 09 rebotes. Sem dúvida nenhuma, ele foi o grande destaque dessa partida. Parecia ser um jogador “imarcável”. Muitos comentaristas que acompanham o Mundial de Basquete, dizem que o Luis Scola será o melhor jogador dessa competição. Bom, para quem tem o mínimo de conhecimento sobre basquete, nem é preciso pensar muito para concordar com as opiniões dos comentaristas. O cara tem uma média de 29 pontos por jogo. Só por aí, é possível perceber que o ala-pivô argentino não é qualquer um. É um baita jogador!

Essa geração vitoriosa da argentina, representada por Luis Scola e Manu Ginóbili, já está praticamente no fim. Não sei se a Seleção da Argentina terá uma outra geração capaz de repetir as mesmas façanhas dessa atual equipe. Mas, de toda maneira, essa seleção argentina está deixando um grande legado para o basquetebol mundial.

Aprenda a jogar basquete na Escola! Ou melhor, com Scola!

Dependente e Morto

No dia sete de setembro de 1822, como todos nós sabemos, o Brasil se tornou independente de Portugal. E, o brasileiro pôde enfim, criar a sua primeira constituição (1824) e governar uma nova nação com um grande potencial político e econômico.

É, eu sei que o Brasil está longe da perfeição, mas não é por isso que vamos deixar de amar o nosso país, não é mesmo? Se quisermos viver em um Brasil mais decente e justo, é preciso tomar a iniciativa e desmascarar toda essa farsa de prosperidade que o governo petista vem pregando – com muito êxito, diga-se de passagem – em suas propagadas chavistas.

Se nada for feito para tirar o maquinário petista das instituições que deveriam zelar pela democracia, estaremos dependentes do PT, como nas ditaduras comunistas, e mortos feito zumbis, que caminham e andam sem rumo algum.

Para se salvar dessa onda vermelha que sufoca a democracia brasileira, é preciso, no dia dois de outubro, dizer “basta” (!) à esquerda autoritária que prejudica o país, e recomeçar a caminhada rumo ao verdadeiro progresso.

Com a Dilma no poder, o Brasil estará dependente e morto nas mãos sujas do PT. Não podemos deixar que isso aconteça para o bem do nosso país.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Kamikaze Petista

A Petralhada Vagabunda é capaz de tudo para manter o partido no poder. Inclusive, muitas pessoas se prejudicam em nome do PT, pensando ser por uma boa causa. É o caso, por exemplo, do contador Antonio Carlos Telles que teve acesso às declarações de imposto de renda da filha de José Serra. É o famoso Kamikaze Petista. O idiota útil vai até as últimas conseqüências para incriminar a oposição e, beneficiar a cúpula petista.

A cúpula petista é intocável, e sempre diz “não saber de nada”. E os miliTONTOS devem sempre proteger os seus “deuses gregos” – falíveis, mas por uma boa causa - de algum escândalo que possa sujar a imagem dos principais nomes do PT.

O PT não é somente um partido político, mas também uma religião. São os idiotas úteis que trabalham diretamente nas montagens de dossiês, na violação de imposto de renda, nas greves políticas, nas ameaças aos oposicionistas, e nas execuções de seus próprios “parceiros” de partido, acreditando ser um mal necessário, como se o PT fosse à única solução para todos os problemas do país. Comportamento típico de fundamentalistas. E então, a cúpula petista só fica por trás monitorando e dando ordens aos soldados kamikazes. O imbecil é pego, se faz de desentendido, e a Dilma pede providências como se não soubesse de nada. Entendido?

Essas pessoas submissas pensam que estão construindo um Brasil cada vez mais democrático cometendo crimes em nome do partido. É um tipo de demência que parece não ter cura. Eles se matam para endeusar o Lula e, colocar a terrorista na presidência da república.

sábado, 4 de setembro de 2010

Gramscismo petista - Arnaldo Jabor

Eu já venho alertando isso faz muito tempo! O PT usa a tática gramscista para destruir a democracia e impor suas idéias marxistas aos poucos. Não se chega ao poder somente por meio de uma eleição, mas também, por meio de aparelhamento estatal. Os petistas já estavam no poder muito antes de ganhar a eleição em 2002. Quando Lula se tornou presidente, o caminho já estava praticamente livre para que o PT pudesse colocar todos os seus tentáculos sujos em setores estratégicos que ainda não tinham sido atingidos pelo partido.

Vejam o comentário de Arnaldo Jabor.

Não caiam nessa conversa !

Cometer crimes nesse país é só um detalhe. O Ministro da Fazenda, Guido Mantega, para minimizar a quebra de sigilo bancário dos oposicionistas, disse que, esses vazamentos sempre existiram e que não há sistemas invioláveis. Nem é preciso dizer de que se trata de um crime político, por parte dos terroristas petistas, com o objetivo de fabricar dossiês contra o principal rival do PT nas eleições presidenciais. No caso, o José Serra. A maior prova disso, é que o contador Antônio Carlos Ferreira - um dos que estão envolvidos nesse crime - era filiado à quadrilha até o ano passado. Mas, o que me surpreende, é o fato do Mantega ter dito que isso é corriqueiro na Receita Federal. Há uma punição ali, aqui, acolá, e fica por isso mesmo. Alguém se lembra de alguma punição aos servidores pegos cometendo tal violação? Que eu saiba não. Acho que os nomes dos servidores punidos pela Receita Federal são mais bem protegidos do que os dados fiscais dos cidadãos brasileiros.

Isso é mania de ministro petista. Uma vez, o ministro da Justiça, Tarso Genro, disse, em tom de “brincadeira”, que já deveríamos se acostumar com as escutas telefônicas. Na verdade, todas essas violações contra o direito à vida privada fazem parte da natureza autoritária dos socialistas. Quando a esquerda do Muro de Berlim se instala no poder, o estado passa a ser propriedade do partido, e o povo tem que se submeter às novas regras do proprietário.

O Mantega quer fazer parecer que a quebra de sigilo bancário é normal, corriqueiro, e que qualquer um pode estar sujeito ao monitoramento ilegal. Ele quer transformar esse episódio em uma “coincidência”. As Ratazanas violam o imposto de renda de pessoas ligadas ao José Serra e, depois da descoberta, buscam argumentos dos mais estapafúrdios para minimizar a situação. É claro, não poderíamos deixar de lembrar da velha tática petista de não saber de nada.

Não caiam nessa conversa! O PT quer que possamos achar tudo isso normal para que eles continuem a cometer crimes dessa natureza no país!!! O stalinilismo petista é extremamente ruim para a democracia brasileira.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Formação de quadrilha na SESMA

PF prende cúpula da Sesma e empresários


O Ministério Público Federal já denunciou criminalmente os servidores do município de Belém e empresários presos hoje pela Polícia Federal. Foram encaminhados à carceragem da PF dois empresários e três servidores da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma). O secretário de saúde, Sérgio Pimentel, não foi preso porque está no exterior.

Todos são acusados de crimes como formação de quadrilha, fraude em licitações, peculato e falsidade ideológica. O esquema foi montado no início deste ano na Secretaria de Saúde da capital paraense e fraudou duas licitações que somavam R$ 10,3 milhões em recursos federais.

As investigações se iniciaram com a apreensão de documentos das licitações, em junho passado. O material foi examinado pelo MPF, Polícia Federal, Controladoria Geral da União e Justiça Federal. O caso tramita na 3ª Vara em Belém e as prisões foram determinadas pelo juiz Rubens Rollo D'Oliveira, a pedido do Ministério Público Federal.

As licitações da Sesma investigadas deveriam contratar empresas para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e para o Programa de Atenção e Assistência Domiciliar Alô Saúde. Dentro da Sesma, atuaram a frente das fraudes o secretário de Saúde Sérgio Souza Pimentel, o diretor geral Mailton Silva Ferreira e a presidente da comissão de licitações, Sandra Maria de Baraúna Barreto.

Assim que assumiram a direção da Sesma, Mailton e Sérgio tomaram as primeiras providências para garantir as fraudes posteriores: extinguiram o setor de controle interno da secretaria, remanejando todos os servidores e criaram uma comissão de licitações, transferindo as concorrências, antes centralizadas na Prefeitura de Belém, para a Secretaria.

Os empresários que participaram da fraude como licitantes e chegaram a ser levados para dentro da Sesma, antes das concorrências, para ditar aos servidores responsáveis os termos dos editais de licitação.

“O sentimento de impunidade e o desejo de dilapidar o patrimônio público fez com que Mailton Ferreira levasse até a sala da comissão de licitação os dois empresários proprietários das empresas que posteriormente participariam das concorrências públicas como licitantes, para o quase inacreditável fim de determinar a redação do edital das concorrências”, relata a denúncia do MPF.

Servidores da comissão foram coagidos a falsificar cada etapa do processo licitatório, para dar aparência de legalidade. Eles contaram aos investigadores que os empresários ordenaram que o edital fosse vago em inúmeros pontos.

“Não permitiram a previsão de caução ou outra garantia, e orientaram que nas publicações do Diário Oficial e imprensa comercial, não poderia haver referência aos nomes Samu e Alô Saúde”, informaram as testemunhas.

Leia Mais Aqui

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Mensaleiro para senador do Pará!

Prepare o saco de vômito e leia o trecho da propaganda do candidato ao senado Paulo Rocha do PT:

No Pará, Lula tem um amigo de longa data. É Paulo Rocha.
Quando Lula assumiu a presidência da república, Paulo Rocha estava ao seu lado.
Quando Lula lançou o Bolsa Família, Paulo Rocha estava ao seu lado.
Agora que Paulo Rocha vai para o senado, adivinhe quem está do lado dele?

Já que o Paulo Rocha sempre diz estar do lado do presidente Lula até nas horas mais indesejáveis como um verdadeiro puxa saco, uma pergunta que não quer calar: O mensaleiro esteve do lado de Lula quando foi sacar R$ 430.000,00 na boca do caixa para o projeto do mensalão? Melhor dizendo. O Lula esteve do lado de seu amigo de longa data  pego com a boca na botija? Sabe como é né? O Apedeuta não sabia de nada. Mas, um bajulador que se preze deve sempre estar a serviço do jogo sujo do patrão sem levar nada em troca, a não ser ganhar alguns votos na TV com a imagem do chefe da quadrilha petista.

A candidatura do Paulo Rocha ao senado do Pará é um tapa bem dado na cara de todos os paraenses. Como um mensaleiro pôde se candidatar a senador? A Ficha desse sujeito é mais suja do que o esgoto petista de onde ele veio!