domingo, 31 de julho de 2011

A perda da indignação

O que acontece quando um sapo é colocado em um recipiente com a mesma água da lagoa sendo fervida aos poucos? Morre sem nenhuma reação, não é mesmo?! Isso, qualquer cientista de quinta série sabe. Mas, onde eu quero chegar? Pois bem, a política gramscista está, aos poucos, destruindo com a indignação e, com a reação do povo brasileiro contra as inúmeras acusações de corrupção envolvendo a Petralhada Vagabunda. Nunca “antez dessi paiz”, um povo ficou tão submisso a ponto de aceitar todo e qualquer tipo de desculpas dadas pela Dilma, e pelo Lula.

O gramscismo petralha, com a ajuda dos “movimentos sociais” e da “imprensa isenta”, esquenta a água sem que a população brasileira perceba. É só ver o que acontece quando um Petralha Vagabundo é pego com a “mão na botija”. Basta um governante petista dizer que não sabia de nada e, a imprensa brasileira se encarrega de fazer o resto. Alias, É impressionante como a "mídia especializada" informa a população como se a Dilma fosse a mais durona e, a mais corajosas das governantAs. Quase ninguém é capaz de questionar, por exemplo, a onda de corrupção da equipe ministerial da Petralhada Vagabunda que, a Dilma, evidentemente, ajudou a formar. O brasileiro perdeu a vontade de questionar e de se indignar com a roubalheira generalizada dos governos petistas.

A minha impressão é que, desde 2002, a população brasileira está mergulhada num recipiente de água em que, a Petralhada Vagabunda só faz esquentar até a morte (A morte da "indignação" do povo brasileiro). Poucas pessoas percebem o aumento da temperatura e, denunciam a política criminosa do PT. Mas,ainda é insuficiente. Infelizmente.

Nenhum comentário: