sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Essa moda não pega no Brasil

Confesso que não sou muito adepto à política Welfare State da Suécia, mas, tenho que admitir que, o tratamento que os políticos suecos dão aos seus cidadãos, que pagam seus salários, é exemplar e, certamente, essa moda não pegaria no Brasil.

Deputado Federal na Suécia tem que se virar sem empregada doméstica e, sem motorista particular; Morar em apartamentos funcionais de 18 m² a 40 m² ( Nos anos 90 nem apartamento eles tinham; o parlamentar dormia no gabinete); lavanderia e cozinha são comunitárias; e, para terminar, eles não têm direito a ter secretárias e/ou assessores particulares em seus gabinetes com o dinheiro público. Resumindo: POLÍTICO NA SUÉCIA NÃO TEM PRIVILÉGIOS!

Na Suécia, um cidadão entra na política para servir aos interesses da população que o elegeu. Já no Brasil, parece que o cidadão entra na política para servir a seus próprios interesses. Basta só ver o número de auxílios “não sei o quê” que inventam a todo o momento para aumentar os privilégios dos parlamentares brasileiros.

Veja o vídeo abaixo e, vocês entenderão o que é ser parlamentar na Suécia. Essa moda, definitivamente, não vai pegar no Brasil:



Nenhum comentário: