sexta-feira, 5 de novembro de 2010

O PT conseguiu o que queria: Dividir o país (II)

Os fiscalizadores da moral e da ética, donos de todas as boas qualidades existentes no universo, decidiram queimar viva a estudante de direito Mayara Petruso, após comentários infelizes que ela teria feito sobre os nordestinos no Twitter. Não contentes em somente insultar a moça que fez os tais comentários preconceituosos, os moralistas de plantão criaram um movimento no Twitter para que a OAB pudesse processá-la como se fosse uma bandida da pior espécie. E conseguiram. A OAB de Pernambuco formalizou, ontem, uma ação contra a estudante de direito por racismo e , incitação à prática de homicídio. E claro, para não perder a oportunidade, os petralhas vagabundos se aproveitaram da situação para “provar”, injustamente, de que todo paulista tucano eleitor do José Serra é Xenófobo. É o famoso "coitadismo" petralha sendo usado para fins políticos.

Eu não estou aqui querendo defender o comportamento infeliz da Mayara Petruso que, de cabeça quente, cometeu um grande erro em fazer uma campanha para "afogar um nortestino por dia" em seu Twitter. Mas, o que os ditos moralistas estão fazendo é mais estarrecedor ainda: Dividir o país entre pobres e ricos, paulistas e nordestinos, negros e brancos, cristãos e atéus, e por aí vai.... Eles têm o monopólio do preconceito! O que é pior: o fato da estudante de direito ter declarado o seu voto a José Serra, muitos petralhas vagabundos generalizaram e, acusaram o PSDB e o candidato tucano à presidência de terem o mesmo "pensamento xenófobo" da garota. Típico dos petistas que, pregam rótulos em seus adversários, e se apresentam como representande da moralidade no Planeta Terra. Mas, que na verdade, são representantes da corrupção e da imoralidade. 

Bom, será que a OAB está sabendo das imagens abaixo? Acho que não. Mesmo porque, os inimigos da OAB são os "paulistas-sionistas-de-olhos-azuis-eleitores-do-José-Serra". Não é?




Nenhum comentário: