segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Casa Civil na escuta

Por Felipe Patury

Holofote (Revista Veja)

O sistema de proteção da Amazônia (Sipam) reúne alguns dos equipamentos mais modernos de propriedade do governo federal. Em 2004, a Polícia Federal designou um de seus delegados para descrever o potencial desses aparelhos. O oficial descobriu que, desde 2003, o Sipam tinha um sistema de intercepção de celulares. Sem deixar rastros, ele permite ouvir ligações e fornece a localização geográfica da origem das chamadas. O delegado avisou várias vezes a Casa Civil, que controla o Sipam, de que o uso do equipamento é ilegal. Lembrou que as escutas devem ser autorizadas pela Justiça. Ainda sim, os aparelhos, instalados em Brasília, foram ativados na gestão do ex-ministro José Dirceu e permaneceram funcionando durante as administrações de Dilma Rousseff e Erenice Guerra. A atual, de Carlos Eduardo Esteves Lima, não desligou nada.

Veja, 27 de Outubro de 2010

Um comentário:

Eduardo Vieira disse...

Nada como ser amigo do nosso presidente,Lula...As coisas funcionam assim:

Jair Meneguelli, ganhava R$1.600 como torneiro mecânico e agora é Presidente do Cons.

Nac. do SESI e embolsa só R$25mil por mês...

Paulo Okamotto, teve um aumento de só 1.490% no salário e tira também R$25mil,

pouquinho né?

Wilson Santarosa, o cara saiu do almoxarifado e tira a bagatela de R$39mil + uns

benefícios...

A lista é extensa e para ter o prazer de verificar de perto dá uma passada aqui:

http://dilmanao.org/melhor-que-ser-presidente-e-ser-amigo-dele