quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Palhaçada na Fórmula 1


Que exemplo a Ferrari está dando para o mundo dos esportes, não é mesmo? A escuderia Italiana faz uma "reunião" amigável com a FIA para inventar uma história qualquer; joga no colo da imprensa esportiva, e, fica por isso mesmo, como se a defesa apresentada pela Ferrari fosse convincente e verdadeira.

Olha essa piada. Segundo a Ferrari, o Felipe Massa teria ficado irritado com o recado que recebeu da equipe italiana. E por essa razão, o piloto brasileiro teria deixado Fernando Alonso passar no GP da Alemanha. Então, vocês podem ficar tranquilos. Só foi um mal-entendido. Em nenhum momento – Vejam só que palhaçada – a Ferrari ordenou que Felipe Massa cedesse a vitória ao piloto espanhol. Aquela fala pausada, a mensagem explícita do engenheiro, e o questionamento no final da frase para saber se Felipe tinha entendido o recado, não tinham nenhuma relação com o jogo de equipe.

Todo esse teatro realizado na sede da FIA em Paris, teve um só objetivo: “Rever” o jogo de equipe na Fórmula 1. Como é de conhecimento de todos, atualmente, é proibida a troca de posições de forma intencional entre pilotos da mesma equipe, a não ser que, um dos pilotos não tenha mais chance de ganhar um mundial.

Por que a FIA não cria uma categoria só para a Ferrari? A Fórmula 1 agradece, e a ética esportiva também.

Nenhum comentário: