terça-feira, 7 de setembro de 2010

Dependente e Morto

No dia sete de setembro de 1822, como todos nós sabemos, o Brasil se tornou independente de Portugal. E, o brasileiro pôde enfim, criar a sua primeira constituição (1824) e governar uma nova nação com um grande potencial político e econômico.

É, eu sei que o Brasil está longe da perfeição, mas não é por isso que vamos deixar de amar o nosso país, não é mesmo? Se quisermos viver em um Brasil mais decente e justo, é preciso tomar a iniciativa e desmascarar toda essa farsa de prosperidade que o governo petista vem pregando – com muito êxito, diga-se de passagem – em suas propagadas chavistas.

Se nada for feito para tirar o maquinário petista das instituições que deveriam zelar pela democracia, estaremos dependentes do PT, como nas ditaduras comunistas, e mortos feito zumbis, que caminham e andam sem rumo algum.

Para se salvar dessa onda vermelha que sufoca a democracia brasileira, é preciso, no dia dois de outubro, dizer “basta” (!) à esquerda autoritária que prejudica o país, e recomeçar a caminhada rumo ao verdadeiro progresso.

Com a Dilma no poder, o Brasil estará dependente e morto nas mãos sujas do PT. Não podemos deixar que isso aconteça para o bem do nosso país.

Nenhum comentário: