quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Aparelhamento petista na PF

A Polícia Federal - Privatizada, aparelhada e instrumentalizada pelo PT de Tarso Genro – disse não ver nenhum crime político na quebra de sigilo bancário da filha de José Serra. Durma com barulho desses!

Quer dizer então que, o contador filiado ao PT viola o imposto de renda da filha de José Serra, e os investigadores da Polícia Federal chegam à conclusão de que o crime não tinha motivação política. Impunidade à vista! É por isso que o Advogado da Verônica Serra anunciou fazer uma investigação paralela sobre a quebra de sigilo da sua cliente, já que, se depender da Polícia Federal para resolver o caso, é capaz cair no esquecimento como tantas outras infrações cometidas pelos petistas.

A PF está servindo somente para acusar a oposição – acusações justas e injustas – e, também, para abrir as portas do Palácio Piratini ao Tarso Genro no Rio Grande do Sul. Há muito tempo que a Polícia Federal deixou de ser uma instituição séria para trabalhar exclusivamente para a família Genro. O lema Petralha na PF é: "Aparelhar o estado para acusar a oposição e, defender os companheiros".

Fonte [1]
Fonte [2]

Nenhum comentário: