sábado, 28 de agosto de 2010

São Paulo tem as melhores estradas do Brasil


As melhores e das piores estradas do Brasil

Quatro Rodas

Por Juliano Barata

Em um país marcado por contrastes e desigualdades, não é de surpreender que nossas estradas conservem o mesmo nível de disparidade – tanto em conservação como em qualidade de projetos. Se o Brasil apresenta algumas rodovias dignas de um país de primeiro mundo, a verdade é que grande parte das estradas é antiquada, estão em estado precário e exigem muito cuidado por aqueles que nelas trafegam. O cuidado deve ser redobrado no período de férias, pois o volume de automóveis e ônibus cresce substancialmente.

Dentre os problemas mais comuns que afetam nossas rodovias, constam o asfalto de má qualidade, visibilidade ruim, sinalização precária, curvas mal projetadas, e excesso de trechos em pista única com mão dupla. De acordo com o estudo realizado em 2009 pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), 69% da malha viária encontra-se em estado péssimo ou regular – uma melhora de 5% em relação à avaliação de 2007. De acordo com Clésio Andrade, presidente do órgão, para aprimorar as condições da malha deficiente seria necessário um investimento de, no mínimo, R$ 32 bilhões.

A equipe do Guia Quatro Rodas percorreu mais de 250 mil quilômetros de estradas, em toda a extensão do país, e avaliou em quais delas o motorista poderá viajar com tranqüilidade – e em quais ele deve guiar com muita atenção. Confira o ranking atualizado abaixo.

As melhores rodovias

Para sorte dos paulistas, oito das dez estradas eleitas passam pelo estado de São Paulo. A vencedora, SP-348 (Bandeirantes, com 178 km de extensão) liga a capital até a região de Cordeirópolis, próximo a Limeira, e é conhecida pelo seu traçado moderno e seguro, ótima capacidade de escoamento, visibilidade excelente e asfalto em perfeito estado de conservação. Desde 1998 ela é administrada pela AutoBAn, empresa privada que faz parte do grupo CCR.

1º SP-348 (Bandeirantes) – São Paulo – Cordeirópolis
2º SP-160 (Imigrantes) – São Paulo – São Vicente
3º SP-070 (Ayrton Senna/Carvalho Pinto) – São Paulo-Taubaté
4º SP-310 (Washington Luís) – Limeira-São José do Rio Preto
5º SP-340 (Adhemar de Barros/Dep. Mário Beni/Boanerges N. Lima/Pref. José André de Lima) – Campinas-Mococa
6º SP-280 (Castello Branco) – São Paulo-Espírito Santo do Turvo
7º BR-290 (Freeway) – Osório-Porto Alegre-Eldorado do Sul
8º SP-330 (Anhanguera) – São Paulo – divisa SP/MG
9º SP-225 (Com. João R. de Barros/Eng.º Paulo N. Romano) – Bauru-Itirapina
10º BR-040 (Washington Luís) – Rio de Janeiro/Juiz de Fora

Leia Mais Aqui

Nenhum comentário: