sexta-feira, 30 de julho de 2010

Neymar não é um "Loco Abreu"

Há jogadores que acreditam serem gênios e tentam surpreender a todos com jogadas que mal sabem fazer em um momento importante do jogo. Marcar um gol de “cavadinha” em amistoso contra a Ferroviária é uma coisa, agora, acertar o lance em uma final de carioca e, em uma Copa do Mundo, isso sim é coisa de Gênio. O problema é que a crônica esportiva achava muito interessante as “paradinhas” de Neymar sobre o Rogério Ceni e, ainda diziam que o garoto tinha muita “personalidade” por ter cobrado os pênaltis de tal maneira, evidentemente, após todo esse puxa-saquismo, o atacante do Santos se convenceu de que era “o cara” e, tentou fazer a “cavadinha” para cima do goleiro do Vitória. O Resultado foi desastroso: O Goleiro simplesmente ficou plantado no meio do gol e, sem nenhum esforço, pegou o pênalti cobrado por Neymar.

Só os verdadeiros gênios conseguem fazer com que a obra de arte dê certo. É o caso de El Loco Abreu, o jogador que não é muito compreendido pela mídia esportiva, mas que mostra toda a sua genialidade e sabedoria nos momentos mais decisivos de um campeonato. Foi assim na final do campeonato carioca e nas Quartas-de-final da Copa do Mundo. A “Cavadinha” tem que ser batida por jogadores que conhecem muito bem de futebol. O Neymar é ainda um jogador muito imaturo e que é paparicado constantemente pelos comentaristas, enquanto isso, o El Loco Abreu continua fazendo suas jogadas de pura sabedoria sem ser importunado por pessoas que se dizem conhecedoras de Futebol.

O Neymar precisa fazer muita "cavadinha" nos treinos para ser a sujeira das unhas do El Loco Abreu.

Nenhum comentário: