sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Pump: O melhor álbum do Aerosmith

Os fãs mais antigos do Aerosmith, sempre buscam, através de uma discussão sadia, saber qual o maior álbum do grupo, Toys In The Attic ou Rocks? E os mais jovens, como eu, discutem o embate entre Permanent Vacation e Pump, dois álbuns que foram importantes para a retomada do Aerosmith no cenário mundial. E para mim, o Pump é melhor que Permanent Vacation, e indo mais além, o Pump é o melhor álbum do grupo americano, e digo isso com a certeza de que muita gente vai concordar comigo.

Nesse ano, no mês de setembro, o Álbum Pump completou 10 anos de lançamento, e para não deixar de lado esse momento, decidi, então, dar a minha opinião sobre o melhor álbum do Aerosmith.

O Pump detonou todos os álbuns anteriores do Aerosmith. O hard-rock com uma pitada de Blues, sempre foi à característica principal do grupo americano, só que nesse disco, especificamente, os instrumentos dos mais inimagináveis sons, fizeram parte do projeto. “Young Lust”, a primeira música do álbum, faz aquecer as turbinar do bom e o velho rock and roll; “Monkey On My Back” carrega a influência do Blues no grupo; “The Other Side” é a mais agitada e alegre, e demonstra bem o verdadeiro espírito do Aerosmith após a retomada de ânimo no fim dos anos 80; e para acabar, “Janie’s Got a Gun” e “What It Takes”, duas poderosas baladas que alcançaram notoriedade nas estações de rádios de todo mundo.

O Pump foi um das maiores obras de arte que o Rock nos proporcionou, devido à experiência e o amadurecimento dos integrantes do Aerosmith. Parabéns aos 10 anos de lançamento do Álbum, ainda que tardio.

Nenhum comentário: