segunda-feira, 7 de setembro de 2009

PT contra a pátria


O PT é por natureza um partido antipatriota que se utiliza do país somente para criar cargos aos companheiros, e inchar o estado com parasitas vagabundos que sugam o dinheiro do contribuinte.


É um partido antipatriota que usa a máquina pública para custear a revolução gramscista de transição ao socialismo ditatorial, tudo isso em “câmera lenta”.


É um partido antipatriota que como oposição incita a violência na base da gritaria para prejudicar a governabilidade de seus adversários políticos.


É um partido antipatriota que revoga o irrevogável pensando em ajudar o partido e não o país.


É um partido antipatriota que se aproveita do dia 7 de setembro para fazer campanha eleitoral suja nos meios de comunicação.


É um partido antipatriota que se aproveita da ignorância da população para implantar suas políticas assistencialistas, com o intuito de aprisioná-los ao estado paternalista.


É um partido antipatriota que ajuda financeiramente grupos guerrilheiros de cunho marxista.


É um Partido antipatriota que defende as ditaduras comunistas e chama de fascistas aqueles que clamam por democracia no continente.


É um Partido antipatriota que perdoa Palocci, Sarney, Genuíno, Jader Barbalho, Zé Dirceu e tantos outros corruptos da política brasileira.


E por fim, é um partido antipatriota que deveria ser eliminado do nosso país, em nome da respeitabilidade e da credibilidade.


Nenhum comentário: