quarta-feira, 23 de setembro de 2009

O Exemplo que vem do Sul


A geração “Leva tudo na boa aew” dos anos 60 é o principal culpado pelas más atitudes dos jovens nas escolas brasileiras, o professor não pode fazer nada para repreender o aluno, com o risco de ser achincalhado pelos ditos especialistas de educação.


Uma professora do Rio Grande do Sul obrigou um aluno a pintar o muro que pichou depois de ter sido pintado a menos de uma semana, e os pais acharam isso um absurdo, logo o filhote deles? Tão amado e carinhoso não é? Dá até vontade de puxar as bochechas do moleque. Os especialistas, que deveriam rasgar seus diplomas medíocres, acharam isso um “exagero”, coitado do garoto, ele estará traumatizado pelo resto da sua vida dedicada ao vandalismo escolar.


Sabe de uma coisa? O que essa Professora fez foi pouco, mas eu a apoio, ela teve coragem de peitar os especialistas de boutique e colocou o garoto para pintar o que tinha pichado, isso não é um absurdo, é um aprendizado para esse vândalo nunca mais pichar uma parede de uma escola.




Um comentário:

Lauro Tentardini disse...

Hoje eu estava comentando com a minha avó sobre isso. Os pais do aluno querem a cabeça da professora. Esses mesmos pais daqui alguns anos vão dizer que seu filhinho é inocente diante das câmeras e que não roubou ninguém.