sábado, 5 de setembro de 2009

No Mas Chávez


É de se emocionar, nunca uma mobilização espontânea, criada na internet, teve tanta repercussão mundo afora, uma ação avassaladora contra as barbáries do ditador bolivariano Hugo Chávez, sem que ele pudesse impedir o direito à livre expressão dos manifestantes. Nem ele acreditava que isso um dia iria acontecer, sua prepotência não lhe permitia enxergar além de sua sede pelo poder. A Manifestação de 4 de setembro, intitulado “No Mas Chávez” , percorreu em quase todos os países da América e Europa, um dia histórico para os defensores da liberdade.


Essa manifestação não teve a ajuda financeira de sindicatos comunistas, nenhum apoio externo contribuiu para a organização do protesto, foi tudo espontâneo, com a participação de pessoas “anônimas” que desejam o fim da ditadura comunista no continente americano. Milhares de pessoas foram convocadas através de sites de relacionamento para se manifestar contra a política intervencionista do caudilho Hugo Chávez, e a mobilização teve um sucesso estrondoso, causando até arrepios na mídia “chapa branca”, que logo se preocupou em noticiar as tais manifestações pró-chávez em 57 países. Nada mais ridículo do que informar essa pouca vergonha que nunca existiu de fato.


E não adianta tentar desmerecer o movimento anti-chavista que se proliferou em todo o mundo. O Hugo Chávez, em mais um de seus discursos estapafúrdios, afirmou que toda essa manifestação foi financiada pela CIA para prejudicar a sua governabilidade. Isso é até bom, é uma demonstração de que o ditador bolivariano está preocupado com a insatisfação da população mundial em torno da sua política intervencionista e maquiavélica. O povo não está mais calado, e pede justiça contra as atitudes ditatoriais do presidente venezuelano.


Eu espero, sinceramente, que as organizações internacionais vejam o apelo das massas, e que se sensibilizem com a questão que envolve o enfraquecimento da liberdade de expressão na América Latina. O povo já percebeu isso, o que me deixa mais confiante, e agora temos por obrigação continuar essa luta contra o comunismo no continente americano.


Um comentário:

Lord disse...

Atraves do blog da Thais tomei conhecimento de que seu blog aderiu a campanha: BRAVA GENTE BRASILEIRA
Agradeço sua adesão, será um orgulho ter vc ao nosso lado. Estou incluindo seu blog entre meus favoritos.
Em nossas atividades de Cavaleiros dos Moinhos percebo que estamos nos tornando uma força, porque divulgamos informações sem censura, e sem rabo preso. Quixotes modernos nesta luta, assim somos mesmo sabendo que estamos sendo utópicos nos recusamos a desistir, porque ainda temos "esperança". Muita Forca !!!!