terça-feira, 18 de agosto de 2009

Na Rua 25 de Março


Eu assisti horrorizado, em todos os jornais televisivos, os ataques dos bandidos na “25 de março” em São Paulo, algum paulistano diria. Há! Isso é normal “nas bandas de lá”, mas o problema nem é isso, o que me deixa indignado é a quantidade de vagabundos que existem no Brasil, e quem financia toda essa bandalheira é a própria população na compra de produtos roubados pelos marreteiros. Bom, voltando ao assunto, na Rua 25 de março, é muita gente sem vergonha na cara que arromba carros contendo mercadorias, em algumas vezes, eles chegam até ameaçar motoristas e carregadores, essas ações acontecem em plena luz do dia, com a vigilância dos ambulantes que são os principais interessados nessa roubalheira.


Uma imagem chamou muito minha atenção, um bandido vagabundo arromba um carro cheio de roupas, e, ele deixa cair no chão, sem perceber, um saco plástico com as roupas dentro, logo do lado tinha um ônibus público, e um usuário que estava dentro do transporte coletivo pediu para o bandido que pudesse recolhê-lo e lhe entregar o saco plástico, e não é que o canalha fez isso? É o cúmulo do absurdo. Estamos em um país, que aparentemente, todo mundo é bandido, é essa a minha impressão. Fazer o quê? Um povo que dá credibilidade ao bandido-mor, o dissimulado Lula da Selva, não posso esperar outra coisa dos brasileiros, é a imoralidade que vem tomando conta do Brasil.


É muito revoltante que isso aconteça no Brasil, é a demonstração clara de que as pessoas não acreditam mais nas leis, é a desmoralização da justiça, da polícia, do governo e de outras instituições que estão por trás dessa violência. É uma pena que o Brasil esteja caminhando rumo à corrupção generalizada.


Nenhum comentário: