sexta-feira, 29 de maio de 2009

A taça da Libertadores é nossa


Nesse ano, as equipes brasileiras têm uma ótima oportunidade de ganhar a copa libertadores da América, com a saída do Boca Juniors da competição, é quase certo que um time brasileiro seja campeão da libertadores.


Na minha modesta opinião, o Cruzeiro de Belo Horizonte é o grande favorito para abocanhar pela terceira vez a Libertadores, é um time bem estruturado e bem dirigido pelo Adilson Batista. É forte nos contra-ataques e sempre muito objetivo, aliás, nos últimos anos, o time do Cruzeiro tem sido assim, mas que agora, tem uma defesa mais solida do que antigamente. Não posso descartar o São Paulo, que mesmo com todas as dificuldades com que vem tendo, ainda sim, é uma equipe perigosa, e tradicional na competição, o problema é o clima ruim entre os atacantes Washington, Dagoberto e Borges. Não dá para esconder que os três atacantes estão se odiando, e isso deverá ser prejudicial para a equipe do São Paulo.


O Grêmio é outra equipe que me traz confiança, com a presença do maestro Tcheco, e com a eficiência de Maxi Lopes, sem esquecer evidentemente do Souza, o time de Porto Alegre está bem armado para enfrentar qualquer adversário na semifinal, para mim, o Grêmio já está lá, ou alguém acha que o Caracas ganhará o Tricolor em pleno Estádio Olímpico? Nem o torcedor do próprio Caracas imagina tal façanha. E para quem gosta de superstição, não poderia deixar de lembrar que o técnico Paulo Autuori sempre ganhou a Libertadores quando contratado no meio da competição, foi assim no Cruzeiro em 1997, e com São Paulo em 2005, é bom os Gremistas acreditarem nisso, não é?


E o Palmeiras heim? Foi surpreendido no Parque Antártica pelo Nacional do Uruguai, com um empate de um a um. Vendo o jogo, tive uma boa impressão da equipe nos primeiros 5 minutos do primeiro tempo, até pensei que seria uma vitória fácil do Palmeiras no Palestra Itália. Mas aí, a equipe apresentou os mesmo erros, aquele toque de bola sem nenhuma objetividade, e ainda com uma formação de três zagueiros. Parecia que o jogo terminaria no zero a zero, mas no segundo tempo, com o chute de longe do Diego Souza, O Palmeiras abriu o placar. Mas, quase no final do jogo, o jovem atacante uruguaio, Santiago Garcia, empatou o jogo na bobeada da zaga palmeirense. Olha, com esse resultado, o Palmeiras não terá vida fácil no Uruguai. O Nacional do Uruguai só perdeu um jogo em todo ano, e é preciso muito mais do que ficar fazendo passes irritantes para bater o Tricolor Uruguaio no Centenário, diria que a classificação do Palmeiras é quase impossível para a semifinal da competição.


De toda maneira, eu me arrisco a dizer que a taça da libertadores já é nossa, sendo o Cruzeiro, Grêmio, São Paulo, ou com poucas chance o Palmeiras. Uma dessas quatro equipes vai representar o Brasil no mundial que aconteçe no Japão no Final do ano, é só ver para crer.


Um comentário:

Lauro Tentardini disse...

A taça da América é nossa sim, mas aposto no meu Grêmio, porque no Olímpico ninguém ganha da gente.